Óticas Precisão

Proteção nas pedaladas: a importância dos óculos no ciclismo

Se você já andou de bike alguma vez na vida, com certeza curtiu demais a sensação gostosa do vento batendo no rosto, aquele ar de liberdade… Agora, para quem leva a bicicleta mais a sério e pratica as pedaladas com frequência, seja como lazer ou profissionalmente, sabe que mais do que a sensação boa, o vento pode trazer algumas complicações. Afinal, ele vai promovendo um ressecamento e posterior lacrimejamento nos olhos, prejudicando a visibilidade da pista.

Hoje é um bom dia para lembrar que óculos não é são um mero acessório para quem anda de bike. 19 de agosto é Dia do Ciclista, uma data em que devemos alertar sobre a segurança necessária no trânsito para proteger os adeptos do pedal e também para reforçarmos o quanto é essencial estar com os equipamentos certos para garantir uma aventura sem riscos. Por isso, dedicamos este espaço no blog para falar sobre os óculos mais adequados para as pedaladas!

Quais fatores precisam ser avaliados na hora de comprar um óculos para ciclismo?

Um bom óculos para essa prática deve proteger contra chuva, poeira, vento, insetos ou qualquer coisa que possa atingir a sensível região dos olhos, além da proteção contra raios UV e variações de luminosidade. Nesses casos, o design das armações já é pensado justamente para permitir toda essa proteção: geralmente são “óculos máscara”, que cobrem um percentual maior do rosto.

O ideal é que o ciclista se sinta tão confortável com o óculos que até esqueça que está com ele: então, preste bem atenção no acabamento e no apoio das orelhas, para evitar desconfortos. Note também que o design tem que proteger ao mesmo tempo que permite um mínimo de ventilação para que as lentes não acabem embaçando.

E por falar nelas, pensar nas lentes é fundamental. É preciso analisar com cuidado para que o ciclista enxergue bem em diferentes ambientes com distintos níveis de luz.

Lentes escuras: ideais para dias de muita claridade, com sol intenso. As espelhadas podem ajudar a filtrar mais os raios solares.

Lentes amarelas: são mais adequadas para pedais noturnos. Ajudam a diminuir o desconforto causado pelos faróis dos veículos.

Lentes fotossensíveis: são ideais para pedaladas de dia e de noite, porque se ajustam aos diferentes níveis de luz.

Existem ainda outras variações de cores que podem ajudar a neutralizar a visão quando há muita presença de verde, água ou neve.

Dicas para a melhor escolha!

– Se você costuma transpirar muito, opte por modelos que permitem maior ventilação.

– Procure marcas que ofereçam mais de uma lente, como uma espécie de “reserva” para o caso de riscar ou danificar em alguma pedalada. Ou que permitem variar a lente de acordo com as condições de luminosidade do pedal.

– Se você precisa de correção ótica, também vai necessitar ter grau no seu óculos de ciclismo. Miopia, astigmatismo, hipermetropia?! Não se arrisque e busque modelos adaptáveis à lente com grau, se não vai ser difícil enxergar buracos na pista, obstáculos ou imperfeições no terreno. E não adianta ir com seu óculos convencional, se não vai estar desprotegido.

Especifique bem o seu estilo preferido de pedal na hora da compra. Nossos vendedores podem direcionar os melhores modelos e marcas para cada finalidade. Consulte-nos: (45) 9 9842-1731.

Leave a comment