Óticas Precisão

O que é Ceratocone? Causas e Tratamentos.

  • by: Redação Óticas Precisão
  • março 14, 2019

Ceratocone significa literalmente ‘córnea cônica ou em forma de cone. A córnea é a superfície de focagem principal do olho, e no ceratocone, a córnea torna-se esticada e fina perto do seu centro. A parte estreita da córnea incha, tornando a visão mais míope e irregular, e, como resultado, a visão é distorcida.

O alongamento da córnea pode aumentar, porém não se pode dizer exatamente quanto. Às vezes, um olho pode ser seriamente afetado, enquanto o outro olho pode mostrar muito pouco sinal da condição.

O que causa Ceratocone?

A causa do ceratocone é desconhecida. Pode estar associado a alergia ou pode ter alguma cauda genética. É percebido já na puberdade ou juventude. Embora ninguém possa ter certeza até que ponto o ceratocone se desenvolverá em um indivíduo, a condição não causa cegueira. Com os tratamentos existentes hoje, a maioria das pessoas poderá levar uma vida normal, apesar da condição. A visão não terá a mesma qualidade de antes, porém em alguns casos é possível usar lentes de contato para que se tenha uma condição melhor.

Ceratocone tem cura? Tratamento e mais informações sobre.

Os primeiros tratamentos do ceratocone são com lentes de contato rígidas, em alguns casos, onde a doença esta em fase inicial, pode ser utilizado óculos de grau ou lentes de contato gelatinosas. Porém nesse caso existe um pequeno risco de infecção, que pode aumentar caso as lentes não sejam bem limpas, por isso é importante seguir rigorosamente as instruções de higiene dadas quando iniciar o uso das lentas.

As lentes de contato não retardam, infelizmente, a taxa de progressão do cone, mas dão uma boa visão durante esse período, que de outra forma não poderia ser alcançado. Não há medicação disponível para tratar o olho, mas a condição eventualmente se estabiliza, embora possa levar muitos anos até que isso aconteça.

Em cerca de 10% a 20% dos pacientes com ceratocone, a córnea pode tornar-se extremamente íngreme, fina e irregular e a visão não pode ser melhorada suficientemente com lentes de contato. Nesses casos poderá ser necessário um procedimento cirúrgico para transplante de corneá. A recuperação visual após um transplante leva muito tempo – às vezes até 18 meses – para se estabilizar e existe uma forte possibilidade de que o olho ainda precise ser ajustado com uma lente de contato para ver corretamente. A cirurgia, portanto, não irá garantir uma visão perfeita nem uma maneira de evitar o desgaste das lentes de contato. Há também um risco de rejeição do transplante depois, embora mais de 90% dos transplantes de córnea que são feitos para o ceratocone sejam bem sucedidos.

 

 

Leave a comment